O PROBLEMA DO MAL NO CRISTIANISMO, HINDUÍSMO E BUDISMO

RICARDO LINDEMANN

Resumo


Apesar do Problema do Mal ser conhecido com algumas variantes pelo menos desde Epicuro na antiguidade, pretendeu-se resumi-lo contemporaneamente em três proposições: [1] Deus é Onipotente; [2]  Deus é totalmente bom; [3] e ainda o mal existe. Foi assim publicado em 1955 pelo filósofo John Leslie Mackie, no seu artigo Mal e Onipotência, conhecido por sua acuidade lógica. A partir de sua análise crítico-investigativa, busca-se sua solução pela reflexão sobre tais clássicas indagações humanas com obras de diversos autores, visando oferecer uma contribuição à Filosofia da Religião, bem como um estudo comparativo das soluções provenientes de diversas tradições do Cristianismo, Hinduísmo e Budismo na esfera da Ciência da Religião, como estímulo para o diálogo inter-religioso.


Palavras-chave


Mal, Livre-arbítrio, Cristianismo, Hinduísmo, Budismo.

Texto completo:

PDF